No dia 03 de maio, será realizado, na Toledo Prudente Centro Universitário, o evento “Visão do Ministério Público (MP/SP) no caso ‘Carandiru’”.
 
Há cerca de um ano, uma determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) invalidou uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que anulou o júri e consequentemente, a condenação de policiais militares pelo assassinato de presos da Casa de Detenção de São Paulo, na ação conhecida como ‘Massacre do Carandiru’.
 
Márcio Augusto Friggi de Carvalho, o  Promotor de Justiça designado para o caso, irá tratar/falar sobre a visão do Ministério Público sobre o caso.
 
Podem participar alunos da graduação e pós-graduação da Toledo Prudente, bem como egressos e pessoas interessadas do assunto. 
 
O evento será realizado às 17h30. Para participar, é preciso se inscrever por meio do link. É gratuito.
 
 
O palestrante é doutorando em Direito Penal e Direito Processual Penal pela PUC-SP. Márcio tem extensão universitária em Direito Penal pela Georg-August Universität, Göttingen, na Alemanha. É professor convidado dos cursos de Pós-Graduação ‘Lato Sensu’ da Toledo Prudente.  
 
Sobre
A ação, que ficou conhecida como Massacre do Carandiru, ocorreu em 02 de outubro de 1992, quando uma intervenção da Polícia Militar do Estado de São Paulo, para conter uma rebelião na Casa de Detenção de São Paulo, causou a morte de 111 detentos.