O projeto E-Lixo, mantido pela Toledo Prudente Centro Universitário, foi parceiro do Mutirão do Lixo Eletrônico, dessa vez, em Emilianópolis. Foram recolhidos cerca de 1,6 tonelada de lixo eletrônico.
 
A responsável pela área no Município, Daniele Perreti Bettio, diz que conheceu o projeto da Toledo Prudente no início do ano passado. “Essa ação é muito importante para a questão ambiental, econômica e de saúde pública. Em um ano de parceria, foram três toneladas e meia de resíduos eletrônicos descartados de maneira correta”, comenta a engenheira agrônoma.
 
Ela explica a cidade possui um aterro sanitário de 15 anos, e que esse tipo de ação permite aumentar a vida útil do local. “Se continuarmos com essa redução de resíduos de lixo eletrônico, com a conscientização da população, podemos ter um aterro com maior tempo de uso. Sem contar que diminuímos as contaminações de solo e água por metais pesados”, afirma.
 
“A parceria com a Toledo Prudente foi crucial para que conseguíssemos o descarte correto do lixo eletrônico gerado em nosso município. Essa ação conjunta, oferecida pelo programa E-Lixo se tornou fundamental para termos o destino correto desses resíduos”, acrescenta.
 
Prefeituras, empresas e pessoas físicas podem descartar o lixo eletrônico, em qualquer horário, na Toledo Prudente, que é o único ponto autorizado pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.