O curso de Sistemas de Informação da Toledo Prudente realizou mais um Insight Cup e, nesta edição, o evento contou com a participação dos alunos de Engenharia de Produção. Os alunos competiram agrupados por termos. 
 
Com duração de 24 horas, o Insight Cup tem como objetivo, apresentar aos alunos, problemas reais de empresas regionais a serem solucionados pelos estudantes de forma tecnológica, inovadora e empreendedora.
 
Esse ano, o empresário convidado foi Marlon Fernandes, da empresa Script Tecnologia em Vendas, que trouxe o problema de como monitorar colaboradores externos em suas demandas, tendo informação de deslocamento, início e término das atividades e outras informações.
 
“O resultado me surpreendeu, as ideias foram muito boas! Já troquei alguns telefones e espero dar continuidade a alguns dos projetos apresentados”, disse o empresário.
 
A banca avaliadora dos projetos deu o título da Insight Cup ao grupo formado pelos alunos dos sétimos termos. Diferente das demais equipes que investiram em monitoramento, eles criaram um aplicativo que faz o cruzamento de dados entre o cliente, o prestador de serviço e a empresa, com uma central de informação. 
 
Rafael Andrella de Lima, 27, aluno de Sistemas de Informação da Toledo Prudente, conta que para a solução do problema utilizou conteúdos como engenharia de software e linguagem de programação para criação dos protótipos e empreendedorismo. 
 
“O ponto forte dessa edição foi o alinhamento de conhecimento dos alunos dos dois cursos, onde ambos tiveram a oportunidade de aprender algo novo. Os alunos de Engenharia de Produção possuem uma visão muito boa voltada ao processo e os alunos de Sistemas de Informação possuem uma visão mais voltada para a automação desse processo”, contou. 
 
Já o aluno de Engenharia de Produção, Luan Vasconcelos Santos, afirmou estar acostumado a resolver problemas, pois fez isso durante os sete semestres. No entanto, esse teve o desafio de apresentar uma boa solução em apenas 24 horas. 
 
“Trabalhar com alunos de Sistemas de Informação foi um aprendizado muito grande. Temos focos diferentes, mas ficamos imbatíveis juntos. Utilizamos vários conteúdos para a criação da nossa solução, o principal deles foi o Design Thinking”, contou. 
 
De acordo com os alunos, o anúncio de campeão do Insight Cup veio junto com a sensação de dever cumprido em grande estilo. 
 
“Quando soubemos da vitória foi muito gratificante, principalmente por saber que a vitória foi a comprovação de que somos capazes e estamos preparados para utilizar o que aprendemos na faculdade no mercado de trabalho”, finalizou Rafael.