Estudantes de todo o país se inscreveram para participar do 2º HackLab – uma maratona que acontece em São Paulo paralelamente ao FNESP (Fórum de Educação Superior da América Latina). Entre os 32 selecionados está a aluna Gabriela Lima Santana, do 6º termo do curso de Administração. Da Toledo Prudente mais duas pessoas integram o time HackLab, desta vez como mentores, os professores Alisson Fernando Coelho do Carmo e Gustavo Saraiva.
 
A aluna conta que o que a motivou a se inscrever foi a ideia de inovação, difundida na Toledo Prudente. “Vivenciamos mudanças. Estar em um evento com tal importância, que valoriza o que vejo em sala de aula e onde, possivelmente, teremos boas ideias, me chamou atenção”, comenta.
 
A coordenadora do curso, Cintia Evangelista, comenta que em Administração, algumas disciplinas motivam o estudante na identificação de problemas. “A turma da Gabi, por exemplo, trabalha no projeto ‘Business Solutions’, na qual os alunos passam a identificar problemas nas empresas em que estagiam com a aplicação da metodologia do Design Thinking”, explica.
 
A coordenadora completa ainda que “todos os projetos contribuem para que o estudante possa compreender a realidade, interpretar e identificar os problemas e as soluções que podem ser implantadas”.
 
Para a reitora, Zelly Machado, este é mais um passo da Toledo Prudente. “Essa conquista representa mais um passo na formação do aluno 4.0. É a concretização de muitas ações que a gente faz para que este aluno tenha um espaço no mercado de trabalho”, ressalta.
 
Sobre o HackLab
No HackLab, que ocorrerá nos dias 25, 26 e 27 de setembro, os universitários têm a oportunidade de desenvolver soluções inovadoras para problemas reais do Ensino Superior Brasileiro. As soluções serão apresentadas a mais de 700 gestores educacionais durante o Fnesp. O prêmio é de R$ 8 mil e 3 meses de aceleração da startup vencedora.