X
 
O conteúdo desse site pode ser acessível em Libras usando o VLibras

4 Anos

Noturno

60 vagas

R$ 795,20

(1º e 2º termo)
* valor referente a 2018

Sobre o curso

O curso de Ciências Econômicas oferecido pela Toledo Prudente Centro Universitário tem como norteadora, uma abordagem tradicional que respeita a natureza da atividade e o uso de tecnologias exponenciais para o desempenho da aprendizagem e, posteriormente, da atuação profissional.

O ensino da Economia tem como objetivo, contribuir para consolidar novos instrumentos de viabilização das demandas sociais emergentes e do acelerado processo integrativo das sociedades modernas. Além disso, busca estar integrado e voltado para questões essenciais dos problemas e demandas regionais, nacionais e internacionais.

Para isso, o Bacharel em Ciências Econômicas estará habilitado com conhecimentos teórico-práticos específicos de sua área, associado a um espírito humanista, crítico, amplo, político e social, o que contribui para o desenvolvimento da sociedade como um todo.

Entre os objetivos do curso oferecido pela Toledo Prudente, podemos destacar os seguintes: fomentar a reflexão científica e a produção de conhecimento, imprimir nos alunos atitudes de intervenção e manifestação perante os grandes problemas sociais, criar cultura para novas soluções e tendências de mercado, assumir o uso de tecnologia para a configuração e entendimento de novos conhecimentos, desenvolver atualização técnica e prática para determinar estratégias de modernização das formas do exercício da profissão e interagir com o mercado por meio de pesquisas e aplicação dos conhecimentos do curso.

Fundamentado nos pilares da tecnologia, inovação e empreendedorismo, o Projeto Toledo 4.0 Prudente, em que o curso está inserido, incentiva o uso de tecnologias como ferramenta para o ensino. Os componentes curriculares possibilitam o enriquecimento do percurso formativo do aluno e ações inovadoras, mediante a aplicação do conhecimento produzido pelo aluno em projetos que contribuem para o desenvolvimento social do seu entorno.

Mercado de Trabalho

Tendo em vista que o ensino da Economia visa contribuir criativamente para o desenvolvimento da sociedade brasileira moderna e, sobretudo a realidade regional, o mercado de trabalho oferece uma ampla oportunidade para quem opta por esse curso.

Para isso, a formação de um profissional plural, com capacidades técnicas, política e social, o torna apto para atuar no setor privado e público, em um contexto macro e microeconômico.

Para contribuir com o desenvolvimento deste perfil profissional, a matriz curricular do curso de Ciências Econômicas da Toledo Prudente conduz o estudante para além dos conhecimentos específicos de Economia. Dessa forma, ele será capaz de criar seu espaço no mercado de trabalho e associar conhecimentos de disciplinas como: Desenvolvimento Socioeconômico, Comércio Exterior, Contabilidade Social, Agronegócio e outros.

Diferenciais da Toledo Prudente

A estrutura curricular do curso de Ciências Econômicas da Toledo Prudente tende a viabilizar a convivência harmônica entre o saber tradicional e o saber humanístico interdisciplinar. 

O desafio do curso é o de se comprometer com os novos padrões do conhecimento global e com a superação dos padrões burocráticos do ensino. O curso está comprometido com a criação e produção da Economia e não, apenas, com sua reprodução.

Dessa forma, o curso de Ciências Econômicas atua como um disseminador de conhecimentos, técnicas e posturas, que estão intimamente vinculadas com os pilares do Projeto Toledo 4.0 Prudente, que visa incutir nos alunos e egressos, uma cultura tecnológica, empreendedora e inovadora.

 

Perfil

O processo de formação do profissional de Economia tem como objetivo transformar o aluno em profissional que irá atuar na pluralidade do mercado de trabalho estando apto a enfrentar a nova realidade e o cenário econômico.

Com a capacidade de compreender as questões científicas, técnicas, sociais e políticas relacionadas a economia, esse profissional terá domínio de seus conhecimentos no enfrentamento de situações e transformações político-econômicas e sociais, contextualizadas na sociedade brasileira e nas economias mundiais.

Durante o curso, os alunos serão incentivados a desenvolver capacidades atitudinais que estejam de acordo com as necessidades do mercado e a formação da cidadania. Nesse sentido, o curso de Economia proporciona capacidade de compreensão da necessidade de aperfeiçoamento profissional contínuo, desenvolvimento de raciocínio lógico consistente, capacidade de trabalhar em equipes multidisciplinares, elaborar pareceres, relatórios e consultorias e a utilização o instrumental econômico. Valores de responsabilidade social, justiça e ética profissional também são amplamente trabalhados.

Últimas notícias

corpo docente

nota enade

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados

O exame é obrigatório para os alunos selecionados e condição indispensável para a emissão do histórico escolar. A primeira aplicação ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento.

Valores Referentes a 2018

Período Termo Investimento
Noturno 1º , 2º, 3º, 4º, 7º e 8º R$ 795,20
Noturno 5º e 6º R$ 834,96
Disciplinas Termo C / H
Contabilidade e Análise de Balanço I 1 60
Contabilidade Social I 1 30
Economia e Ética I 1 30
Formação Econômica do Brasil I 1 30
História do Pensamento Econômico I 1 60
História Econômica Geral I 1 30
Introdução à Economia I 1 30
Introdução à Estatística Econômica I 1 30
Matemática I 1 60
Contabilidade e Análise de Balanço II 2 60
Contabilidade Social II 2 30
Economia e Ética II 2 30
Formação Econômica do Brasil II 2 30
História do Pensamento Econômico II 2 60
História Econômica Geral II 2 30
Introdução à Economia II 2 30
Introdução à Estatística Econômica II 2 30
Matemática II 2 60
Desenvolvimento Sócio-Econômico I 3 30
Economia Brasileira Contemporânea I 3 30
Estatística Econômica e Introdução à Econometria I 3 60
Evolução das Idéias Sociais I 3 30
Instituições de Direito I 3 30
Macroeconomia I 3 60
Matemática III 3 60
Política e Planejamento Econômico I 3 60
Desenvolvimento Sócio-Econômico II 4 30
Economia Brasileira Contemporânea II 4 30
Estatística Econômica e Introdução à Econometria II 4 60
Evolução das Idéias Sociais II 4 30
Instituições de Direito II 4 30
Macroeconomia II 4 60
Matemática IV 4 60
Política e Planejamento Econômico II 4 60
Agronegócios I 5 30
Economia do Setor Público I 5 30
Economia Internacional I 5 30
Economia Monetária I 5 30
Elaboração e Análise dos Projetos I 5 30
Estágio Supervisionado I 5 30
Gestão Financeira I 5 60
Macroeconomia III 5 30
Microeconomia I 5 60
Técnica de Pesquisa em Economia I 5 30
Agronegócios II 6 30
Economia do Setor Público II 6 30
Economia Internacional II 6 30
Economia Monetária II 6 30
Elaboração e Análise dos Projetos II 6 30
Estágio Supervisionado II 6 30
Gestão Financeira II 6 60
Macroeconomia IV 6 30
Microeconomia II 6 60
Técnica de Pesquisa em Economia II 6 30
Comércio Exterior I 7 30
Economia de Serviços I 7 30
Economia Industrial I 7 30
Estágio Supervisionado III 7 30
Finanças e Mercado de Capitais I 7 30
Monografia I 7 120
Planejamento Estratégico I 7 60
Comércio Exterior II 8 30
Economia de Serviços II 8 30
Economia Industrial II 8 30
Estágio Supervisionado IV 8 30
Finanças e Mercado de Capitais II 8 30
Monografia II 8 120
Planejamento Estratégico II 8 60

Douglas Fernandes

Possui graduação em Ciências Econômicas - Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo (1995) e mestrado em Administração pelo Centro Universitário Moura Lacerda (2003). Professor em cursos de graduação e pós-graduação. Tem experiência nas áreas de arranjos produtivos, economia empresarial, finanças e logística de distribuição. Professor da Faculdade de Tecnologia de Presidente Prudente - FATEC Presidente Prudente, Centro Universitário Toledo de Presidente Prudente. Foi professor substituto da FCT/Unesp de Presidente Prudente, no período de 2012 a 2017. Delegado Municipal do Corecon-SP - Conselho Regional de Economia, em Presidente Prudente-SP. Consultor da Hollos-BDM Consultoria e Assessoria Econômica e Financeira.

Horário

de atendimento

agende um horário

  SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA
Manhã - - - - -
Tarde 14:00 - 18:00 - - - -
Noite - - - - -

Sistema de Avaliação de Aprendizagem

Frequência escolar
É condição para aprovação do aluno, a sua presença a pelo menos 75% (setenta e cinco por cento) das aulas e às demais atividades programadas. É vedado ao aluno o abono de faltas, salvo nos casos previstos em lei.
 
Aproveitamento escolar
O aproveitamento do aluno, no semestre, será aferido por meio de uma prova, individual e escrita,  expressa em nota com grau numérico variando de zero a sete mais a pontuação referente a outras atividades, a critério do professor,  valendo de zero a três, perfazendo um total de dez pontos, ou seja,  
Prova de 0 a 7,0 + atividades (0 a 3)
 
Critério de aprovação
Será aprovado o aluno que obtiver aproveitamento (nota da prova+atividades), no semestre,  igual ou superior a 7,0 (sete) e freqüência mínima de 75%. 
 
OBS:1) É promovido ao termo seguinte o aluno aprovado em todas as disciplinas cursadas, admitindo-se ainda a promoção com dependências.   
         2) Caso o aluno não atinja a nota 7,0 (sete) , no semestre, deverá se submeter a exame final conforme segue:
 
Exame final
O aproveitamento do exame final será expresso em nota com grau numérico variando de zero a dez.
O aluno com freqüência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) e com nota de aproveitamento, no semestre, entre 3,0 e 6,99,  deve submeter-se a exame final. A nota mínima para aprovação no exame será  a média 5,0 (cinco), resultante da média aritmética entre o aproveitamento do semestre (nota da prova +atividades) e o exame final, considerada a média de aproveitamento final.
 
Aluno aprovado
Exemplo: Nota da prova+ atividades,  no semestre= 6,0 (seis) 
                 Nota do exame final                               = 4,0 (quatro)
                 Total                                                       =10,0 : 2= média 5,0 (cinco) 
 
Média final = 5,0 (aprovado com a média mínima) 
 
Critério de reprovação
1) Independentemente dos resultados obtidos pelo seu desempenho, será considerado reprovado na disciplina o aluno que não tiver comparecido a pelo menos 75% (setenta e cinco por cento) das aulas e demais atividades.
 
2) Será considerado reprovado o aluno que obtiver aproveitamento (nota da prova + atividade), no semestre,  inferior a 3,0 (três).
 
3) Será considerado reprovado o aluno que, tendo realizado o exame final, não conseguir média cinco, nota mínima exigida para aprovação com exame final.
Exemplo: Nota da prova + atividades, no semestre = 6,0  (seis)
                 Nota do exame final                                 = 2,0   (dois)
                 Total                                                          = 8,0 : 2= 4,0 (quatro)                   
 
Aluno reprovado: Média final = 4,0 (não obteve média final mínima de 5,0, após a realização do exame final).
 
Prova repositiva
Ao aluno que deixar de comparecer a prova (0-7,0), é permitida a realização de uma prova repositiva de cada disciplina, por semestre, valendo de zero a 7,0 (sete),  desde que requerida dentro do prazo de 5 (cinco) dias úteis antes da sua realização, que ocorrerá ao final de cada  semestre letivo. A nota obtida nas atividades  (0-3,0) deverá ser somada nesse momento. 

 

APRESENTAÇÃO

De acordo com o Art. 1º da RESOLUÇÃO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Nº 02 DE 28 DE JUNHO DE 2017:

 

Compreende-se como atividade complementar dos cursos de graduação do CENTRO UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO EUFRÁSIO DE TOLEDO DE PRESIDENTE PRUDENTE, toda e qualquer atividade não incluída nas práticas pedagógicas previstas no desenvolvimento regular das disciplinas da matriz curricular do curso, desde que adequadas à formação acadêmica e ao aprimoramento pessoal e profissional do futuro formando. 

 

 

Estão sujeitos ao cumprimento das Atividades Complementares todos os discentes, devidamente matriculados, como condição para a obtenção de aprovação final no curso e colação de grau. (RESOLUÇÃO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Nº 02 DE 28 DE JUNHO DE 2017, art. 7º). Cada curso estabelece uma carga horária mínima a ser acrescentada à carga horária sub-total, conforme o quadro a seguir:

 

Curso

Carga horária

Administração

300h

Arquitetura e Urbanismo

180h

Ciências Contábeis

300h

Direito

280h

Economia

180h

Engenharia Civil

180h

Engenharia de Produção

180h

Gestão Financeira

100h

Marketing

100h

Serviço Social

240h

Sistemas de Informação

300h

 

As atividades Complementares deverão ser realizadas nas seguintes modalidades:

• Ensino;

• Pesquisa;

• Extensão.

 

Somente são objeto de pontuação as atividades constantes nos itens apresentados na Tabela de Atividades Complementares. Para obter informações mais específicas, consulte a tabela de seu curso:

 

Administração;

Arquitetura e Urbanismo;

Ciências Contábeis;

Direito;

Economia;

Engenharia Civil;

Engenharia de Produção;

Gestão Financeira;

Marketing;

Serviço Social;

Sistema de Informação.

 

Não serão computadas as atividades realizadas em período anterior ao início das aulas do 1º termo do curso de graduação, bem como aquelas cumpridas no período em que o aluno estiver com sua matrícula trancada, ou inativo por qualquer outra razão. (RESOLUÇÃO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Nº 02 DE 28 DE JUNHO DE 2017, art. 14º).

 

O atendimento aos alunos para consulta e esclarecimento de dúvidas será:

 

 

  • Às segundas, terças e quartas-feiras, das 08h às 12h e das 13h às 17h (c/ Mariana Custódio);
  • Às quintas-feiras, das 08h às 13h (c/ Mariana Custódio);
  • Às sextas-feiras, das 12h30 às 16h30 e das 17h30 às 21h30 (c/ Mariana Custódio);
  • Aos sábados, das 09h às 12h (c/ Mariana Custódio).
  • De segunda à sexta-feira: das 18h00 às 22h00 (c/ Fernanda Oliveira – Secretária de Coordenação de Cursos).

 

 

Fone: (18) 3901-4000/(18) 99693-8222  – Ramais: 3989 (segunda e quinta-feira: ramal 3935 ) - Mariana Custódio ou 3916 - Fernanda Oliveira

e-mail: pos.analista@toledoprudente.edu.br

Coordenadora de Atividades Complementares: Mariana Custódio

Autorização: Decreto nº 91.987, de 27 de novembro de 1985, publicado no D.O.U. de 28 de novembro de 1985.
Reconhecimento: Portaria nº 206, de 20 de abril de 1989, publicada no D.O.U. de 24 de abril de 1989.
Renovação de Reconhecimento: Portaria n° 567 de 30 de setembro de 2014.