Alunos de 5 cursos de graduação da Toledo Prudente estão engajados na construção de um parque infantil adaptado às necessidades dos alunos do Núcleo Ttere de Presidente Prudente. O projeto recebeu o nome de “Aprendendo no Parque”.
 
Com tarefas específicas, estudantes de Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Engenharia Civil, Engenharia de Produção e Serviço Social terão até o final do semestre para entregar o projeto, a ser implantado em 2018.
 
O Núcleo Ttere é órgão não governamental que atende mais de 200 crianças com deficiências ou algum tipo de dificuldade cognitiva. O desafio será pensar em um parque que deverá atender as diferentes necessidades destas crianças.
 

Luis Fernando Nogueira, coordenador de extensão da Toledo Prudente, conta que este projeto nasceu depois de um treinamento do Sthem Brasil sobre inovação acadêmica e metodologias ativas, e que teve a participação de vários professores da Toledo Prudente. 
 
“Além de beneficiar as crianças do Núcleo Ttere, ele favorece a formação de nossos alunos porque é uma atividade de ensino e de extensão interdisciplinar que envolve vários cursos. Os conteúdos que eles aprenderiam de forma tradicional em sala de aula, serão vistos na prática, e isso faz toda diferença”, finaliza Luis Fernando.
 
Os alunos de Engenharia de Produção utilização o Design Thinking para pensar em equipamentos inovadores para atender estas crianças. Já os estudantes de Arquitetura e Urbanismo farão o projeto adequando os equipamentos ao local e pensando no entorno e na acessibilidade. Os alunos de Engenharia Civil, entregarão um estudo da topografia e elaboração do plano altimétrico do local. Para os alunos de Serviço Social, a tarefa é trabalhar a gestão do projeto, alocação de recursos e responsabilidade social empresarial. Por fim, os alunos de Ciências Contábeis, farão a relação de custos e a prestação de contas.