O Ministério Público Federal, regional de Presidente Prudente, divulgou nesta semana o resultado do processo seletivo que teve mais de 80 participantes. As oito vagas oferecidas no concurso foram preenchidas por alunos do curso de Direito da Toledo Prudente. Ou seja, 100% dos aprovados estudam no Centro Universitário.
 
Os aprovados foram:
   1º) Gustavo Stuani Gasque
   2º) Gustavo Henrique Barbosa Santos
   3º) Gabriel Videira da Silva
   4º) Endril Coutinho Ramos
   5ª) Amanda Soares Colnago
   6º) Andrey Borges Batalha
   7ª) Marília de Castro Sturaro
   8ª) Julia Ferrari Pilla
 
 
Para o gestor de estágio do curso de Direito da Toledo Prudente, Lucas Noya dos Santos, o estágio é fundamental para o desenvolvimento do conhecimento teórico obtido em sala de aula. “Ao aluno de Direito, contudo, a atuação no campo de estágio fomenta não só o raciocínio prático-jurídico, como também a formação do perfil profissional da área desejada”, comenta. 
 
Primeiro colocado no concurso, Gustavo Stuani, 21 anos, conta que a aprovação é uma realização pessoal e profissional. “A minha aprovação e dos colegas reflete o padrão de excelência do curso de Direito da Toledo Prudente e a inquestionável competência do corpo docente”. Ainda de acordo com Gustavo, o estágio acarretará uma imensa ampliação dos conhecimentos jurídicos e sociais.
 
Gustavo Henrique de 20 anos, o segundo colocado no concurso, conta que nunca teve uma aprovação tão expressiva. “Ser aprovado coroa todo um esforço. Estou muito satisfeito com o resultado”, comenta.
 
Quem acumula bons resultado em concurso é Gabriel Videira, 20. Ele já foi aprovado nos concursos do Ministério Público do Trabalho e também no Ministério Público Estadual. “Para me preparar eu busco revisar os conteúdos e resolver de questões. Fiquei extremamente surpreso e feliz com o resultado, certamente foi um incentivo grande para seguir estudando e buscando objetivos novos”, comenta.
 
Já Endril Coutinho, 20, tem uma boa experiência de aprovação em processos seletivos e agora espera agregar mais conhecimento a partir desse estágio. “Até hoje fui aprovado em todos os concursos”, ressalta. 
 
“Tive pouco tempo para me preparar para este concurso e estou muito contente por mais esta conquista”, comenta Amanda Soares, 20. Atualmente ela é estagiária do Ministério Público Estadual. 
 
Marília Sturaro, 21, conta que ao abrir o portal e ver seu nome entre os aprovados foi uma surpresa. “Eu queria muito estar entre os aprovados, mas fiquei receosa pela quantidade de estudante de Direito que prestou o concurso”, conta.
 
Para a estagiária da Procuradoria, Julia Pilla, 19, fazer o concurso é mais uma oportunidade de testar seus conhecimentos. “Não tenho uma rotina específica de estudo para concursos, o que faço é me dedicar ao curso de Direito”, diz. 
 
O coordenador do curso de Direito da Toledo Prudente, Sérgio Tibiriçá Amaral, fez questão de receber todos os alunos para parabeniza-los. “Estou muito orgulhoso desta conquista, vocês representaram muito bem a Toledo Prudente. Desejo muito sucesso a todos vocês”.