Com um projeto que nasceu no curso de Administração da Toledo Prudente Centro Universitário, a aluna Gabriela de Oliveira Seole, foi classificada na primeira etapa no edital de Fomento à Inovação, da Fundação Inova Prudente. Se classificado na fase final, o projeto receberá um aporte de aceleração de projetos selecionados.
 
O projeto - O projeto Ideal Consultoria Pecuária, segundo a aluna Gabriela de Oliveira Seole, nasceu no curso de Administração, na disciplina de Empreendedorismo, nos dois primeiros Termos, e contou com a contribuição de mais quatro alunos: Ana Paula Cavalli de Oliveira, Angelo Sussumu Takeda, Bruna Lourenço Domingos e Marcelo Atalla Medeiros. “No 4º Termo, na disciplina de Design Thinking, com o professor Thiago Grajanin, surgiu a ideia de fazer além da consultoria pecuária, um aplicativo e software para uso dos proprietários de fazendas”, completa Seole.
 
O objetivo do projeto é potencializar as propriedades rurais por meio de seus próprios recursos. Ele conta ainda com um auxilio inovador que é a utilização de um aplicativo e um software para ajudar a gerenciar a fazenda de forma estratégica. De acordo com a aluna, “a empresa analisa o potencial da propriedade, realiza planejamentos financeiros, estratégicos e operacional da fazenda, controla os recursos existentes e oferece o software de gerencia como um diferencial para o cliente”.
 
O incentivo
Se classificado na fase final, o aporte de aceleração de projetos selecionados no edital de Fomento à Inovação, da Fundação Inova Prudente vai permitir o desenvolvimento do aplicativo e que os alunos possam trabalhar na empresa. 
 
“Fiquei muito feliz e surpresa por ter sido classificada para essa primeira etapa, ainda tenho outras fases a serem vencidas, mas só de saber que acreditam no nosso trabalho, já é gratificante”, ressalta a aluna sobre a classificação. Ela completa ainda que está com pensamento positivo. “Essa empresa é um sonho e se conseguirmos tirá-la do papel, estaremos realizados”, completa Seole.
 
Para a coordenadora do curso de Administração, Cintia Evangelista, a participação dos alunos neste tipo de programa é muito importante, pois demonstra que as ações desenvolvidas pelo curso de Administração da Toledo Prudente estão impactando a formação de administradores capazes de identificar problemas, criar soluções inovadoras e com isso, novos modelos de negócios. “Isso indica que estamos no caminho certo e que nossas ações possuem embasamento que vai além da sala de aula, impactando a sociedade”, completa.
 
A perspectiva, segundo a coordenadora, é que “além desse, temos outros projetos inovadores que estão sendo desenvolvidos pelos estudantes do curso de Administração. “Esperamos continuar a contribuir com a implantação de um ecossistema de empreendedorismo, inovação e para o desenvolvimento econômico da região”, salienta.  
 
Nesta etapa, os projetos receberão R$ 50 mil em consultorias e mentorias especializadas. Após este processo, os cinco que se destacarem serão selecionados e receberão bolsa mensal, durante dez meses, para desenvolvimento das propostas.