Os alunos da Toledo Prudente Centro Universitário terão mais uma oportunidade de agregar conhecimento. No dia 04 de maio, a palestra “Interpretando o Direito Tributário – Duas Versões”, apresentará modelos interpretativos do Direito aplicados aos tributos. A atividade faz parte do Ciclo de Palestras Toledo na Cidade – Direito, Negócios e a Transformação Digital.
 
A palestra, ministrada pelo Doutor Argos Campos Ribeiro Simões, ocorrerá das 17h30 às 19h, no Anfiteatro Dr. José Cupertino D’Arce. Todos os alunos e a comunidade estão convidados a participar. A inscrição é gratuita e deve ser feita por meio do link.
 
 
O tema discutirá também as consequências práticas da aplicação do Direito aos negócios físicos e digitais como Netflix, Streeming e outros.
 
O “Ciclo de Palestras Toledo na Cidade: Direito, Negócios e Transformação Digital” faz parte do Projeto Toledo 4.0 Prudente que visa incluir nos alunos e na comunidade a cultura tecnológica, inovadora e empreendedora.
 
Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e especialista em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (IBET) e pela Escola Fazendária do Estado de São Paulo (Fazesp), Argos Campos Ribeiro Simões, é juiz do TIT (Tribunal de Impostos e Taxas), assistente fiscal e instrutor de ICMS e Direito Tributário Aplicado na Fazesp. Professor da GV-Law – Graduação e Especialização, na Escola Paulista de Direito, professor-palestrante do IBET e do COGEAE-PUC-SP e professor convidado do curso de pós-graduação “Lato Sensu” da Toledo Prudente.
 
Confira as próximas atividades do Ciclo de Palestras:
11/05 – Sistema Recursal no Novo Código de Processo Civil
Professor Renato Montans de Sá
Briefing: Principais mudanças sofridas pelo sistema recursal brasileiro após o Código de Processo Civil de 2015, enfatizando aspectos práticos e polêmicos da apelação, do agravo de instrumento e outros recursos.
 
25/05 – Assertividade nos Ambientes Organizacionais
Professor Ricardo de Braga e Queiroz
Briefing: Dar enfoque no ser humano e na sua capacidade (ou dificuldade) de ser um indivíduo potente e funcional proporcionando serenidade e autoconfiança no ambiente de uma organização e demonstrar que ambientes de organização são altamente desafiadores para pessoas com baixa assertividade e ambientes digitais (onde muitas vezes a pessoa se esquiva de contatos diretos) proporcionam um gap ainda maior entre a projeção e o ser real.
 
15/06 – As Empresas Familiares e a Governança Corporativa no Brasil
Professor Luiz Antonio Volpato
Briefing: Abordar pontos que evidenciam as principais causas de mortalidade de empresas familiares; O que é a Governança corporativa; Benefícios gerados pela Governança em empresas familiares; desafios da implantação; Perspectivas da Gestão, da família e da Sociedade em um ambiente de governança corporativa.