Gustavo Souza Manoel, do 9º termo do curso de Direito da Toledo Prudente Centro Universitário acaba de ter uma pesquisa acadêmica aprovada na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).
 
O trabalho ‘Coisa Julgada Coletiva e o Embate Constitucional Acerca da Extensão de Seus Limites Subjetivos Àqueles Que Não Eram Filiados à Entidade Representativa de Classe’ tem orientação do professor Gilberto Notario Ligero.
 
“O intuito da pesquisa é concatenar as matérias relativas às ações coletivas, versando sobre suas premissas, seus fundamentos e suas finalidades para, enfim, alcançar amparo consistente na extensão dos limites subjetivos da coisa julgada coletiva em sua maior amplitude”, explica o aluno bolsista.
 
“A conquista da bolsa de iniciação científica junto à FAPESP é bastante importante, pois mostra que os alunos também estão se atentando para pesquisa científica, procurando também desenvolver novas habilidades além da sala de aula”, comenta o orientador.
 
Atualmente, a Toledo Prudente Centro Universitário possui dois alunos bolsistas FAPESP. Além do aluno do curso de Direito, o estudante Gustavo de Oliveira Cardoso, do 7º termo de Engenharia Civil também é beneficiado.